Tags
Destaque

O que é o Bebê Leitor

1/1
Please reload

Resenha: "Bebês brasileirinhos"

22.03.2016

 

  

01

Por que ler?

 

Lalau e Laurabeatriz são dois ícones da literatura infantil nacional. Para mim, seus livros são obrigatórios na formação de TOOODOOS os leitores. Lalau escreve o texto, misturando poesia e informação. Laurabeatriz faz as ilustrações. Juntos, eles já têm mais de duas dezenas de livros publicados. Aqueles que integram a Série Brasileirinhos são os que eu mais gosto. AMO, na realidade. Nosso destaque desta série, pelo tema, é o livro "Bebês brasileirinhos", no qual os autores tratam da reprodução e do jeitinho de ser de 13 filhotes bem brasileiros. Eles foram os primeiros a tratar da fauna brasileira de forma lúdica, divertida e cheia de poesia. É bastante provável que seu filhote tenha contato, quando maiorzinho, com algum livro da dupla, pois as escolas geralmente apreciam o seu trabalho e costumam iniciar a leitura do texto poético tendo como base algum dos seus livros. Mas o que impede o nosso bebê leitor de ter contato com eles AGORA? Nada. Poesia e bebês combinam, e muito! Afinal, a leitura de um poema é quase como o recitar de uma cantiga. E no texto do Lalau, o recitar fica ainda mais fluído, solto, pois sua poesia é bem sonora, rica. O tema do livro, além disso, super atrai o bebê: animais e filhotes. Não sei bem os motivos desta atração, mas é fato universal que ela existe. Talvez seja um impulso nosso, dos adultos, de mostrar para as nossas fofuras de filhotes outras fofuras. Será? Nunca achei jacaré fofo, mas tenho amigos biólogos que quase morrem por um réptil bebê e ensinaram o filho deles a achar cobra a coisa mais linda do mundo... E esse é mais um ponto a favor da obra aqui recomendada: Lalau e Laurabeatriz não têm preconceito e trabalham com tudo quanto é tipo de bicho, não apenas os tradicionais mamíferos dos livros para bebês. Mais um motivo para ler este livro e ensinar os bebês, desde cedo, que a natureza deve ser respeitada de forma independente do nosso apego por ela!

 

 

02

Como ler?

 

A leitura em voz alta de um poema não pode ser monotona. Pede entonação, quase uma interpretação. Parece difícil, mas não é. Sobretudo quando se trata dos poemas do Lalau, super sonoros e rimados. Eu capricho mais quando gosto do poema. Neste caso, o meu preferido é o poema "Anta". Acho muito fofo e como trata de mamar, de pijama e da hora de dormir o tema rende muita conversa com o bebê leitor! Quando eu aprecio o texto, parece que ele "cabe na minha boca" e fica mais fácil recitá-lo. Não se preocupe com o vocabulário e tampouco em ficar explicando tudo para o seu bebê. Aproveite as informações mais técnicas para prolongar a conversa com ele, utilizando-as como apoio durante a apreciação das ilustrações. Trata-se de uma obra para ler e reler várias vezes, inclusive com o passar dos anos (lembre-se de que a biblioteca do bebê ganhará novos sentidos quando ele, já crescido, começar a ler sozinho). Sempre digo que o ato de ler começa antes da leitura propriamente dita e se prolonga por tempo indeterminado após ela ocorrer. Este livro proporciona um trabalho forte após a leitura, promovendo a relação entre o seu conteúdo e o mundo que cerca o bebê. Sempre que surgir a oportunidade, lembre o bebê sobre os animaizinhos que o livro trata e algumas de suas características: nascer de um ovo como o jacarezinho; viver na água como os girinos; ter o corpo coberto de pintinhas como a antinha; viver agarrado à mamãe como o saruê. Ah, e não deixe de conhecer os outros livros da Série Brasileirinhos! É poesia que não acaba mais!!!

 

 

03

Palavra da especialista

 

Já comentei anteriormente que a leitura para o bebê deve contemplar uma diversidade de textos e que os livros voltados para os pequenos podem e devem ser variados. O bebê leitor não precisa "ler" apenas apenas livros com uma palavra seguida por uma ilustração. Quanto mais cedo mostramos à criança a diversidade de textos e de livros existentes no mercado editorial, maior a chance dela desenvolver o seu próprio gosto literário. É quase como o paladar. A analogia se aplica: quanto mais sabores o bebê souber reconhecer, maior a chance dele desenvolver um paladar mais apurado e eclético. Se ele come sempre do mesmo, é provável que estranhe os sabores desconhecidos e se recuse a experimentar alimentos distintos daqueles que está acostumado. Afff, uma manha que eu conheço bem! E poesia é um gênero bacana, pois o texto tem ritmo, pode ser recitado, tem trechos que se repetem... tudo bem ao gosto do bebê. Tem gente que não gosta, tem preconceito. Mas acredito que todo leitor pode encontrar pelo menos um poema que vai fasciná-lo; tem que ser insistente e procurar... Quando o poema vem com informação, eu pessoalmente A-DO-RO! Assim aprendo mais. Além disso, a leitura deste livro, "Bebês brasileirinhos" se justifica pelos autores. Por terem uma produção ampla e essa entrada na poesia e na informação, a criança poderá crescer tendo Lalau e Laurabeatriz como autores de referencia, acompanhando seus lançamentos, as novas edições e até mesmo os eventos nos quais eles comparecem para dar autógrafos. Como é bom ter ídolos, não é mesmo? 

 

 

04

Onde encontrar?

 

No final de 2015, a editora Cosac Naif fechou as portas.... Uma peninha! Tenho certeza que algum grupo editorial comprou os diretos das obras do Lalau e da Laurabeatriz e vai continuar publicando seus livros. Ao fechar este post, encontrei o livro "Bebês brasileirinhos" à venda na Amazon e na Saraiva Virtual. Prefira a compra on-line, pois imagino que as livrarias estejam com dificuldade de ter este livro em estoque em função do encerramento das atividades da editora. Importante lembrar que a Série Brasileirinhos é composta por mais 04 livros, todos eles muito bacanas: "Brasileirinhos", "Mais brasileirinhos", "Novos brasileirinhos" e "Bem brasileirinhos".

 

 

05

Tome nota!

 

Título: Bebês brasileirinhos

Autores: Lalau e Laurabeatriz

Ilustradora: Laurabeatriz

Editora: Cosac Naif 

 

Please reload

© 2015 por Bebê Leitor. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon