© 2015 por Bebê Leitor. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
Tags
Destaque

O que é o Bebê Leitor

1/1
Please reload

8 dicas de livros incríveis de 8 editoras diferentes para as férias do bebê leitor!

05.07.2017

 

Nessas férias, aproveite para ler, conversar e brincar com o seu bebê. Aqui vão 8 dicas de livros (de 8 editoras diferentes) que entreterão toda a família. O que eles têm em comum? Falam da rotina do bebê: a comida, a hora do banho, a hora de dormir, os cuidados, os perigos, as brincadeiras, aquele colo gostoso da mãe, do pai, da vó, do vô... Para os pequenos, nada melhor do que aprender através da literatura a lidar com os desafios do seu dia a dia.

 

1.

100 Primeiras Palavras – Alimentos

Autora: Lô Carvalho

Editora: Bamboozinho

Eu amei por que... Se a gente não conhece, pode rolar preconceito. Acontece com os adultos e com os bebês também. Se ele não come verdura nem gosta de carninha, é sinal de que o bebê está começando a manifestar as suas preferencias  e já é  hora de apresentá-lo aos mais variados alimentos: do tomatinho à jabuticaba, passando pelo brigadeiro e até o pão de queijo. Por que não fazer isso através da literatura? Quanto mais o bebê souber sobre os alimentos, mais informações ele terá sobre aquilo que come.  Com a estrutura tradicional dos livros para bebês, uma palavra e uma foto, este livro traz mais de 100 alimentos tradicionais no cardápio das famílias brasileiras, das frutas aos doces, passando por pizza, sopa, suco e muito mais. No app gratuito, desafios para o bebê e o adulto conversarem e ampliarem suas experiências leitoras.

 

2.

Hora do Almoço

Autores: Ilan Brenman e Ionit Zilberman

Editora: Companhia das Letrinhas

Eu amei por que... Todo bebê faz manha na hora de comer. Sabe aquela mainha de fechar a boca e recusar a abri-la que deixa a gente com o braço estendido no ar segurando a colher? Muitos adultos recorrem à brincadeiras do aviãozinho na tentativa de colocar a comida na boca do bebê. Neste livro divertido, não tem só aviãozinho. Tem a Chapeuzinho entrando na floresta, a bola invadindo o gol, o coelho entrando na toca. Tem garfadas esportivas, aeronáuticas e até dos contos de fadas... Não tem como não deixar as refeições cheias de graça com tanta criatividade!

 

3.

Um abraço passo a passo

Autores: Tino Freitas e Jana Glatt

Editora: Panda Books

Eu amei por que... O bebê está começando a andar e, hesitante, vai passando por todos na sala. Engatinha como um gato, anda como uma rã, dá uns passinhos balançando os bracinhos... Até que chega ao seu destino: os braços que o esperam para um abraço. Uma graça de texto, ilustrações lindas e o bebê gorducho com imensos olhos que representa o personagem principal é muito fofo!!! Talvez o livro emocione mais os adultos do que ao bebê, mas é sempre edificante mostrar aos filhos da gente o quão importante são, literalmente, seus primeiros passos por este mundo.

 

4.

Os primeiros passinhos

Autora: Toni & Laise

Editora: Girassol

Eu amei por que... Quando o bebê começa a andar, sua liberdade aumenta quase que ao infinito. Vê-se livre não apenas para se deslocar, mas também para “xeretar” e “mexer” à vontade. Isso mesmo: quanto maior a firmeza dos passos do bebê, maior a sua curiosidade. É natural. O problema é que sempre tratamos o assunto quando ou já é tarde ou está na eminência de ser: o dedinho já está na tomada, o fio do abajur já está sendo puxado, a cabeça indo em direção àquela ponta afiada da mesa de centro... Nesta obra preciosa, a família tem a oportunidade de tratar sobre os perigos que o bebê pode e deve evitar através das aventuras de Angelino, o anjinho da guarda dos bebês. Um livro de autoajuda para bebês que assim ampliam seus conhecimentos antes de experimentá-los na prática.

 

5.

O lenço 

Autora: Patrícia Auerbach

Editora: Brinque-Book

Eu amei por que... O bom das crianças é que as brincadeiras podem surgir a partir de objetos muito simples, como um lenço, um lençol ou um pedaço de pano qualquer. Meus filhos, quando bebês, amavam: pegava a fraldinha de banho e cobria suavemente o seu rosto. Morriam de tanto rir. Maiorzinhos, ter um lençol para fazer como a menina deste livro era quase como chegar ao paraíso. Tal como nos conta a história, o pedaço de pano virava capa, barriga de grávida, cabana... A literatura infantil tem disso: nos mostra o quão mágico é o nosso dia a dia com a criança pequena. O livro é composto apenas por imagens, o que torna a leitura ainda mais interativa com o bebê. E, no final, todos podem aceitar o convite da autora  e partir para a brincadeira. Já pensou o quanto a dupla ler+brincar estimula a interpretação do texto?! 

 

6.

Quero colo!

Autores: Stela Barbieri e Fernando Vilela

Editora: SM

Eu amei por que... Todo mundo quer colo! Mesmo depois que começa a andar, o bebê prossegue amando um colinho. Colo para ninar, para consolar, para brincar e até passear. Tem o colo do papai, da vovó e mais divertido ainda o colinho do macaco, do canguru e de muitos outros animais. Para o bebê, que é naturalmente um "ser coleiro", uma obra divertida , é claro, obrigatória! Pega logo o seu bebê no colo e comece a ler para ele, vai!

 

7.

E você?

Autora: Rosinha

Editora: Jujuba

Eu amei por que... O livro proporciona experiências leitoras formidáveis, convidando o leitor a passear pelas ilustrações até localizar os elementos que o texto apresenta. A obra também se destaca pela delicadeza da sua narrativa textual, todo ela rimada: "eu vejo com meus olhinhos... passarinhos / ninhos / cavalo-marinhos / vizinhos / adivinhos". Depois da leitura do livro, é possível prosseguir com a poesia do texto durante as conversas com o bebê: "eu, mamãe, vejo com meus olhinhos... um pezinho / o narizinho / um beijinho". Esta relação entre o livro e o nosso cotidiano é a chave para a criança compreender as inúmeras contribuições que a leitura pode trazer para nós pessoalmente, ou seja, o quanto ela pode enriquecer nossas ações, pensamentos e sentimentos. A delicadeza desse texto da Rosinha vai deixar o dia a dia do bebê, sem dúvida alguma, mais poético...

 

8.

O que é que tem no seu quintal?

Autora e ilustradora: Bia Vilela

Editora: Moderna

Eu amei por que... A literatura para bebê pode e deve chamar atenção para elementos do cotidiano da criança pequena, transformando em palavras aquilo que ela vê, ouve e sente ao seu redor. Este pequeno livro nos brinda com barulhinhos, cheiros e até mesmo uma porção de objetos que geralmente só podem ser percebidos no quintal da casa da gente. Ou nas áreas comuns do prédio: o cheiro gostoso do almoço da vizinha; a torcida do pessoal que assiste  à partida de futebol; o vasinho de planta deixado ao acaso. Não tem como a gente não se identificar!

 

 

P.S. Os livros aqui listados podem ser adquiridos nas lojas virtuais das editoras ou nas grandes redes de livraria (Cultura, Saraiva e Amazon - por exemplo). Se não encontrar, pesquise nos sebos virtuais.

 

 

 

Please reload